Sebastian Prioteasa
Foto: Sebastian Prioteasa

 

Eufórico com o embrulho do correio, Carlo Lambrigello abriu-o ainda assim sem pressa.

Tacteou a caixa do CD, leu o título (achou bela a imagem da capa), regozijou-se por ter nas mãos um objeto da Deutsche Grammophon, e só então o introduziu no leitor de CDs do automóvel.

A essa hora já a noite tomava conta da autoestrada. Labaredas sombrias ardiam nas margens do céu.

Escutou com grande comoção o álbum do princípio ao fim. Depois da primeira vez, repetiu o «Beata Viscera Mariae Virginis» de Pérotin, cantado pelo Coro da Capela Sistina e por Cecilia Bartoli. O canto da soprano, acalentada pelo sopro murmurado das outras vozes, pareceu-lhe sobrenatural, vindo das entranhas da própria alma. Não pôde conter as lágrimas.

O maestro Massimo Palombella e o crepúsculo acabavam de lhe proporcionar um momento místico. Sentiu-se pequeno e vulgar, contrito e solitário, limpo e aniquilado.

Nas cercanias de Chiusi fez um desvio para a estação de serviço.

Depois de limpar os olhos e de se assoar, Lambrigello abriu devagar a porta do carro e saiu para sorver o tremendo ar de outono da Toscana. Na sua cabeça alguma confusão havia-se instalado:

O que fizera na vida de realmente assombroso? De indiscutivelmente belo e perfeito? De imprescindível?

O professor de Belas-Artes caminhou um pouco pelo baldio onde camiões e camionistas se alinhavam, num misto de faróis, roncos mecânicos, cheiro de combustível e calão.

Sim, o que o distinguia daqueles homens e mulheres atascados em vileza? Tudo. Nada.

Sentiu vontade de urinar. E de comer alguma coisa. E de beber café. A viagem até Roma fatigava-a cada vez mais. Tantas necessidades!

Pôs-se a mirar a autoestrada, o movimento frenético dos veículos que nela partem e regressam. Também ele queria chegar a casa, voltar ao ventre bendito do silêncio, do vento frio, da terra batida.

«Chegar a casa. Mas que porra é chegar a casa» perguntou. Os transeuntes surpreendidos não souberam o que dizer.

A pergunta, de qualquer modo, não lhes fora dirigida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s