Foto: Daniel Myszkowski
Foto: Daniel Myszkowski

 

‒ Em todo o caso, vou contar-lhe a história da minha vida. – disse com alguma esperança o homem pessimista.

‒ Não, isso não. Biografias a esta hora não… Estamos hoje todos muito fartos de dramas e de tragédias. – replicou com enfado o Dr. Savoy, enquanto se esforçava por apertar os últimos botões do seu casaco de peles.

O outro compreendeu e anuiu. Realmente, chega-se a uma fase do dia em que as narrativas se tornam todas desinteressantes; e a uma fase da vida em que as histórias se confundem todas umas com as outras.

Numa curva a poucos minutos da estação de L., o homem pôs-se de pé. As neblinas de dezembro mal deixavam ver a ponte centenária. Com o comboio em andamento, o homem saltou e foi engolido pelas águas do Danúbio (como, sempre quisera fazer, aliás, desde que a vida lhe começara a parecer demasiado incompreensível).

‒ O caso não oferece a menor dúvida… – considerou um pouco mais tarde, com toda razão, o Dr. Savoy, psicanalista da rainha da Suécia e em trânsito pela Europa para melhor conhecer as subtilezas do género humano. ‒ Trata-se de um indivíduo psicótico. Rezemos pela sua alma!

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s